Rodapé

Vou te dizer, esse ano não foi um dos melhores.

E sei que não é exclusividade minha, em diversos níveis todos nós sofremos: com os acontecimentos políticos, com a moeda inflacionada, com a absurda mudança de temperatura e demais importâncias que surgiram com o passar dos dias, cada vez mais urgentes.

Mas vou te dizer também, esse ano não foi um dos piores. Ele exigiu coragem.

Principalmente pra perceber que a vida que estava vivenciando não era a que gostaria de estar experimentando. Para perceber que defeitos, mesmo aqueles que insistem em não nos abandonarem, não são maiores que virtudes e que, na verdade, é preciso apenas um pouco de determinação para compensar pelas falhas; não mais do que isso.

Coragem, para cumprir as metas desejadas, compreender os próprios desejos e abraçar por completo a pessoa que se é – apaixonando-se diariamente pela diferença; coragem para alcançar os objetivos, aprender outros assuntos, outras habilidades e principalmente, coragem, para abandonar o confortável e presentear-se com o novo.

beginners
E que coragem, convenhamos!

Meu desejo para este próximo ano é determinação para manter-se contente. Para enxergar mesmo nos momentos mais exigentes a alegria logo ao lado: na pessoa amada, numa pequena conquista ou num sorriso inesperado. No café quentinho, no cantar dos pássaros e na chuva no fim da tarde. Naquilo que fizer sorrir!

Que o seu ano seja repleto de coragem, determinação, amor e principalmente, paz!

Um feliz  e cheio de realizações: 2016! ❤

Assinatura (2)

Advertisements